Biografia

Minha primeira viagem foi em 1996, quando eu tinha apenas quinze anos. Fui de Llagostera, a minha aldeia, à Andorra conduzindo uma lambreta com dois amigos. Se você nunca andou de ciclomotor em estradas de montanha, será difícil entender o quão épica é essa experiencia. Três centos quilômetros em oito horas!

Cheguei na Índia por engano. Eu queria dedicar minha vida acadêmica à China e um professor me disse que se eu não pudesse ir para Pequim no momento, eu for para Delhi que era aproximadamente a mesma coisa (eu sei, você ficou chocado).

Por causa dessa carambola da vida, entrei em um programa de cooperação acadêmica na Universidade Pompeu Fabra com a Universidade de Delhi em 2002. Só posso dizer que perdeu 13 quilos em dois meses Convenhamos: minha primeira viagem à Índia foi purificante.

A Índia não foi um amor à primeira vista, mas acabou sendo um amor incondicional

No entanto, aqui estou eu, vinte anos depois, tendo construído uma história de amor e ódio com a Índia (obviamente mais amor). Oito anos morando em Delhi e muitos anos compartilhando isso em viagens, artigos, cursos e palestras. Com a Índia como base, descobri muitos países asiáticos como Taiwan, Japão, Tailândia ou Coreia do Sul.

Agora moro no Paraguai e isso fez com que meu novo espaço de descoberta seja a América Latina, um continente tão diverso que não me canso de viajar pela América do Sul.

Currículo acadêmico

Eu sou formado em Humanidades , tenho mestrado em História pela Universidade Pompeu Fabra e especialista em culturas indiana e iraniana pela Universidade de Salamanca.

Realizei pesquisas sobre as relações entre a Espanha e a Índia e publiquei artigos sobre viajantes espanhóis ao subcontinente. Falo inglês, português, hindi e três outros idiomas.

Guía de viajes diferentes
Muro na cidade de Cochin | © Enric Donate

Curriculum Professional

Tenho morado na Índia mais de oito anos. Trabalhei em duas universidades de Delhi ensinando línguas. Fui leitor AECID em Jamia Millia Islamia. Em 2009, eu fui o primeiro professor universitário de catalão na Índia. Também colaborei num programa de ensino universitário sobre a Índia em Taiwan e em várias cidades espanholas.

Apareci em prensa escrita i digital de diversos países em inglês, espanhol e catalão. Você pode encontrar meus artigos e entrevistas na mídia mencionada abaixo. Meus assuntos favoritos são viagens, gastronomia indiana e rituais religiosos em diferentes culturas.

Minha última colaboração para difundir a Índia na Espanha foi um curso na Aula d’Extensió Universitària de Sant Cugat del Vallès e na Universidade Permanente da Universidade de Alicante destinada a aprender sobre diferentes aspectos da Índia na literatura, o arte e o cinema.

Enric Donate, profesor de Jamia Millia Islamia
Curso de universidade Jamia Millia Islamia | © Enric Donate

Apareci em

Siga-me em

Onde encontrar minhas histórias de viagem para a Índia, Paraguai e muitos outros destinos

Colaborei com várias publicações de gastronomia e viagens na Espanha, Índia, Tailândia, Turquia e Taiwan. Graças a este site apareço em vários meios de comunicação e especialmente no conhecido programa Callejeros Viajeros onde mostrei o distrito de Nizamuddin, meu lugar favorito em Delhi.

Sobre a minha experiência com o mundo editorial, gostaria de destacar minha colaboração em El español en la maleta e os livros de receitas Comendo com os cinco sentidos, para promover a cozinha espanhola na Índia. Trabalhei com as guias Vinologue e Petit Futé, o site de ofertas de hotéis Secret Escapes ou criando conteúdo para Olives from Spain, a campanha para introduzir o consumo de azeitona de mesa na Índia. Faço parte da equipe de Pesquisadores de dados geográficos em Booking.com.

Colaborei com